VER-O-FATO: EDITORA BRAGANTINA FAZ CAMPANHA PARA REEDITAR OBRA RARA DE DALCÍDIO JURANDIR

segunda-feira, 10 de abril de 2017

EDITORA BRAGANTINA FAZ CAMPANHA PARA REEDITAR OBRA RARA DE DALCÍDIO JURANDIR




Sem nova edição há 46 anos, o livro "Ponte do Galo", do romancista paraense Dalcídio Jurandir, pode ganhar reedição ainda esse ano. A Editora Pará.grafo, situada no nordeste do Pará, iniciou no dia 7 de abril uma campanha de financiamento coletivo no Catarse com o intuito de arrecadar fundos para a concretização desse projeto de reedição.



A campanha durará 60 dias e, nesse período, leitores e apreciadores da obra dalcidiana poderão apoiar financeiramente a iniciativa adquirindo exemplares do livro físico ou e-book, e ganhando recompensas pela colaboração.

Ponte do Galo é o sétimo romance dos dez que formam o chamado Ciclo do Extremo-Norte e foi publicado em 1971 pela Editora Martins/MEC. O livro é dividido em duas partes que se passam em Cachoeira (Ilha do Marajó) e Belém, respectivamente, e narra a história de Alfredo, menino marajoara que sonha em ir para a cidade grande continuar seus estudos. Dalcídio explora na sua obra a região e seus habitantes, dando ênfase ao ser humano, seus medos, angústias, sentimentos e sobrevivência.


É uma literatura que vai além do simples retrato da Amazônia. O autor revela outro mundo, das pessoas comuns de uma vila no meio de uma ilha e introspecções e desejos. São emblemas humanos que circundam a narrativa. Pela relevância e riqueza da sua literatura em retratar a amazônia, seu povo e sua cultura, Dalcídio é dito estar para a sua região assim como Graciliano Ramos, Jorge Amado e Érico Veríssimo estão para as suas. 
O projeto de reedição conta com a participação de grandes profissionais, como o escritor e pesquisador Paulo Nunes, a artista plástica e ilustradora Paloma Franca Amorim e o fotógrafo marajoara Eliseu Pereira. 
Para saber mais sobre o projeto e/ou colaborar com a iniciativa, basta acessar o site www.catarse.me/ponte_do_galo e apoiar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário