sábado, 22 de abril de 2017

A VIDA EM RISCO POR UMA ESMOLA

 


Todos os dias, o homem (acima) pede esmola próximo da ponte sobre o Rio Moju, na PA-150. Em sua cadeira de rodas, premido pela miséria e pela fome, ele arrisca-se a morrer atropelado por uma carreta, ônibus ou veículo menor. 

Tudo para conseguir algum trocado que possa mitigar seu sofrimento.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE), porém, que deveria agir para evitar o pior, não toma qualquer providência. Certamente irá tomá-la depois que o cadeirante não estiver mais neste mundo. 

A cena foi registrada pelo fotógrafo secreto do Ver-o-Fato, que faz questão de continuar secreto para proteger-se de eventuais perseguições. 

É Pará, isto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário