VER-O-FATO: NOVIDADE NO BLOG: DICAS DE SEGURANÇA, EM CASA E NA RUA, CONTRA OS CRIMINOSOS

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

NOVIDADE NO BLOG: DICAS DE SEGURANÇA, EM CASA E NA RUA, CONTRA OS CRIMINOSOS





Os governos faliram. O cidadão, "fumado" e mal pago, viveria melhor sem eles e sem seus impostos escorchantes. A segurança pública é o retrato do caos. A saúde está uma droga. A educação não funciona. E o desemprego leva pais e mães de família ao desespero. Até a luz no fim do túnel foi cortada.

Então, para que serve um blog? Apenas para produzir notícias, comentários, estimular o debate e repercutir o que acontece no pais, no mundo, e na nossa Belém tão maltratada? Ou é isso tudo e mais alguma coisa?

Por exemplo, prevenir e orientar as pessoas sobre como agir diante do risco de ser vítima da violência - a qual todos nós estamos vulneráveis nesses tempos de insegurança pública - física, moral e patrimonial. Seja na rua, em casa, no banco, no shopping, no trabalho, no estádio de futebol ou em qualquer outro local público.

Foi pensando nisso que o Ver-o-Fato decidiu, a partir de hoje, fazer sua parte, usar a ferramenta que sabe manejar - a informação que pode até salvar vidas -, publicando dicas para alertar a população contra as ações de criminosos e daqueles que apostam na ingenuidade das pessoas para praticar golpes de todos os tipos, inclusive pela Internet.

É claro que seremos seguidos e copiados. Ótimo. Se isso ocorrer será sinal de que nossa intenção de difundir informação de utilidade pública foi bem sucedida.

São orientações de especialistas que serão muito úteis para você ficar esperto e não cair em armadilhas, desde a proteção do seu lar, de sua família, de seu carro, de suas relações de consumo, da conta bancária, da aposentadoria, prevenção contra assaltos, etc.

Para começar, aí vão as primeiras dicas:

Na rua, fique alerta

* Procure não andar sozinho. Sempre que for possível, não se exponha gratuitamente à ação dos delinquentes. Evite passear desacompanhado por locais ermos, pouco iluminados, ou em horas avançadas. Quando estiver sozinho, escolha seu trajeto.

* Mantenha-se alerta ao cruzar com suspeitos e não pare para atender pedidos que lhe despertem desconfiança. Caminhe sempre pela calçada e atravesse a rua a qualquer sinal de perigo.

* Ao pressentir a aproximação de estranhos em atitude suspeita entre no primeiro local habitado que encontrar e peça ajuda.

Cuidado com a grana

* Não carregue consigo grandes importâncias em dinheiro ou outros valores. Se o fizer por necessidade imperiosa, procure guardar o dinheiro de modo seguro e discreto. Fuja de grandes aglomerações, onde agem os punguistas e descuidistas, assim como em lugares sem movimento onde poderão roubá-lo.

* As mulheres devem carregar suas bolsas firmemente seguras entre o braço e o corpo, mantendo a mão sobre seu fecho. Siga diretamente para seu destino quando portar valores, não parando em bares ou casas de diversão.

Não dê bobeira no ônibus

* Ao parar em pontos de ônibus procure os que se situam em locais de grande movimento, preferencialmente aqueles localizados à porta dos estabelecimentos comerciais. Quando estiver dentro do ônibus e este for invadido por ladrões, mantenha-se calmo.

* Não encare diretamente os assaltantes e nem tente dialogar com eles. Se houver oportunidade de se desfazer de alguns de seus valores, faça-o de maneira a mais dissimulada possível, guardando consigo uma pequena soma de dinheiro. Não reaja, sua vida não tem preço.

O golpe da mãe morta

* Não se deixe levar pela conversa de estranhos que venham a abordá-lo para propor "negócio da China". São vigaristas, chame o policial mais próximo.

* Evite dar trela para conversas do tipo "fui assaltado e perdi o dinheiro da passagem de ônibus", ou "minha mãe acabou de morrer e não tenho dinheiro para enterrá-la". São estratégias manjadas, mas que as vezes colam. Só depende de você.

Estranho muito estranho 

* Não use locais isolados para colóquios amorosos. Os namorados, em lugares solitários, são presa fácil dos ladrões. Também desconfie sempre de estranhos de conversa envolvente que tentem aproximação.

* Não aceite convites de desconhecidos casuais que venha a encontrar na rua, em bares ou casas de diversão noturnas.


Arma e assalto

* Não ande armado. Quem carrega arma de fogo, muitas vezes sem saber usá-la eficazmente, pode ser induzido à prática de atos temerários ante a ação de criminosos. Bancar o herói, numa hora dessas, é suicídio.

* Procure controlar-se nas piores situações. Os assaltantes valem-se do fator surpresa para atacar suas vítimas. Não grite e nem discuta com eles. O seu nervosismo poderá aumentar a tensão sob a qual agem os bandidos e provocar uma atitude mais agressiva em seu desfavor.

* Lembre-se que o mais importante é você sair vivo do assalto. Procure gravar na mente o rosto dos criminosos e depois comunique o fato à polícia.

Para crianças

* Repasse a seu filho menor estas informações quando ele estiver a caminho da escola ou fora de casa. Não converse com estranhos na rua. Diga para procurarem sua família mas não forneça o endereço. Não aceite presentes, balas, chocolates ou outros doces de pessoas que você não conhece.

* Fale claro que você não quer e se afaste delas. Procure não andar sozinho. Arrume sempre companhia entre seus amigos e se sentir medo ligue para a polícia e explique seu problema.

* Quando estiver esperando condução para ir para a escola ou para voltar para casa, evite os pontos de parada em locais escuros e sem movimento. Se for seguido por estranhos na rua, entre na primeira casa habitada e peça socorro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário