quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

JADER, HELDER E A FOME DE PODER

Jader, Luiz Otávio "Pepeca", que dançou do cargo, e Helder

A coluna da jornalista Denise Rothenburg, no "Correio Braziliense", traz notícias interessantes sobre as relações dos Barbalho - o pai, senador, e o filho, ministro - com seus afilhados políticos no governo do peemedebista Michel Temer. Vejam (e leiam) aí:

O porto secou...

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, acaba de perder seu pé na chefia da Secretaria de Portos. Silenciosamente, o governo exonerou o assessor especial do Ministério dos Transportes, Luiz Otávio de Oliveira Campos, ex-senador pelo PMDB do Pará. Ligado aos Barbalho.

... pela segunda vez

Luiz Otávio foi indicado por Jader Barbalho para a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Jader retirou o nome de Luiz Otávio para a Antaq em troca da indicação para a Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP). Temer, porém, deu um chapéu na família e incorporou Portos à estrutura do Ministério dos Transportes. Agora, Luiz Otávio está fora.

Genro é parente

Luiz Otávio é sogro de Georges Sadala, concessionário do serviço Poupatempo no Rio. Para quem não se lembra, Sadala é aquele amigo do ex-governador Sérgio Cabral que participou da festa do guardanapo na cabeça em Paris.

Resta um

Do atual Ministério de Helder Barbalho, a Integração, sai o atual secretário de Infraestrutura Hídrica, Rodrigo Mendes de Mendes, direto para a secretaria de Políticas Portuárias da SEP. Ou seja, Helder continua com um pé nos portos.

Sem escalas

Helder também não deixou a Secretaria de Infraestrutura Hídrica aberta à sanha daqueles que não vivem sem um cargo. No mesmo dia em que Rodrigo Mendes saiu, a vaga foi ocupada por Antônio de Pádua de Deus Andrade, que vem direto da Codesp, a Companhia Docas de São Paulo.

Cobras e largartos
Em entrevista ao Patrulhão 93, de Santarém, o deputado Wladimir Costa falou cobras e lagartos de toda a família do senador Jader Barbalho por 40 minutos. Ele disse, por exemplo, "Barbalho é pornografia". Vai ter desdobramentos.

Um comentário: