VER-O-FATO: EXTRA, EXTRA: ZENALDO VAI À JUSTIÇA E REVISTA VEJA RETIRA ÁUDIO SOBRE DOAÇÃO DE 2,1 MILHÕES

terça-feira, 18 de outubro de 2016

EXTRA, EXTRA: ZENALDO VAI À JUSTIÇA E REVISTA VEJA RETIRA ÁUDIO SOBRE DOAÇÃO DE 2,1 MILHÕES


Advogados do PSDB ingressaram na Justiça com pedido de retirada do ar, pela revista Veja, da gravação em que é citada uma suposta doação de R$ 2,1 milhões - por debaixo dos panos - à candidatura do prefeito Zenaldo Coutinho à reeleição.  A direção de Veja já foi notificada e cumpriu a decisão judicial, retirando a gravação de sua página na Internet. 

Os tucanos querem direito de resposta para dizer que o áudio com a entrevista do empresário Washington Lima, em que aparecem outros empresários, é antigo e teria sido manipulado. Segundo a conversa, o dinheiro teria sido doado pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém (Setransbel). 

Na gravação, o dono da fornecedora de combustíveis Londrina Petróleo, Washington Lima, conta a uma pessoa identificada como Alfred Lima, ex-associado do sindicato, que soube que Zenaldo recebeu 2 milhões de reais para a campanha.

Alfred responde: "Bem, aí eu não sei. Eu sei que o sindicato deu 2 milhões... 2 milhões e 150 mil". Washington Lima então pergunta: "Mas pra essa?" E o ex-membro responde: "Pra essa eleição para prefeito".

Na prestação de contas ao Tribunal Regional Eleitoral do Pará, o prefeito Zenaldo Coutinho declarou ter recebido R$ 720.122,34 em recursos recebidos, segundo a revista. Nenhum deles se refere à doação do sindicato. 

O blog apurou que fatos novos, gravíssimos, surgiram com novos detalhes sobre o caso. Os advogados da revista Veja estão recorrendo contra a decisão judicial. 

Enquanto isso, a revista busca mais detalhes sobre o caso para publicar matéria em sua próxima edição impressa, que deve estar nas bancas de todo o país na sexta-feira. 

A Veja tem publicado matérias institucionais - cobrando preço de tabela do departamento comercial da revista, uma das mais caras do país - do governo do Estado, comandado pelo tucano Simão Jatene, do mesmo partido de Zenaldo.  

6 comentários:

  1. Partindo da Veja é de se esperar... aliás não é a toa que é a revista mais processada dessa paróquia.
    Zenaldo 45! Já!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso que o Zénada saiu distribuindo dinheiro no primeiro turno.ED50

      Excluir
    2. Pegou quanto Mano? Aí não pode exigir nada...

      Excluir
  2. Ele nao recebeu nenhum centavo e ta babando o ovo do znada.
    Kkkkk...

    ResponderExcluir
  3. sou funcionário do município há 14 anos e para nós nem o aumento do salário mínimo.Uma sugestão Zenaldo distribui esse dinheiro para nós...

    ResponderExcluir
  4. Esse safado com seu governador deu férias para o juiz que cassou zenaldo

    ResponderExcluir