segunda-feira, 3 de outubro de 2016

CRUELDADE CONTRA UM ANIMAL NA VILA FARAH


Casa de número 49 da Passagem Tapajós, na Vila Farah, em frente ao Yamada Plaza. Um cão abandonado há vários dias, sem comida, sem água. Por lá, dizem que a casa, à venda, como se vê na placa, pertence a uma desembargadora, não se sabe se do Tribunal de Justiça ou do Tribunal do Trabalho.

Seja quem for e o cargo que exerça no topo da pirâmide social, trata-se de uma crueldade contra um ser indefeso, aprisionado, cuja única função é a de guardar o patrimônio de quem pretende se desfazer dele, até que apareça um comprador.

Ou que o vigilante Rottweiler morra de fome e desidratado sem alguém para se apiedar do animal e lá comparecer para resgatá-lo.

Por enquanto, quem se preocupou com a situação do cachorro foi a estudante de veterinária Blena Raelle, que levou água e comida para alimentá-lo. 

Ela postou o vídeo em sua página no Facebook. Que o blog aqui compartilha.

Alô, Delegacia de Meio Ambiente (Dema), o caso é de polícia. Clique abaixo e veja o vídeo.


https://www.facebook.com/blena.raelle/videos/618369955012503/

Nenhum comentário:

Postar um comentário