VER-O-FATO: EM PIRABAS, AS MUITAS COINCIDÊNCIAS

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

EM PIRABAS, AS MUITAS COINCIDÊNCIAS

Professor no município de São João de Pirabas, Eliel Farias de Lima manda para o blog sua visão política do que lá está ocorrendo. É um pouco do que ocorre no Pará, sobretudo em época pré-eleitoral, com seus inacreditáveis arranjos e maquinações partidárias. Leia, abaixo: 

"Achei que haveria de ser de conhecimento público o que está acontecendo em minha querida cidade. Sei que seu blog é de grande visualização pela sociedade paraense e desde já lhe parabenizo pelo espaço. Bom, espero que isso chegue a conhecimento do publico.

Um breve resumo do que esta havendo:

As coincidências acontecem embora se diga que nada acontece por acaso. É que no caso do processo que afastou o prefeito de Pirabas tem pontos coincidentes muitos interessantes. Essas coincidências passam pelo atual candidato a prefeito pelo PMDB, Álvaro Brito, ex- assessor do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, tendo sido lotado no gabinete do desembargador que afastou o prefeito de Pirabas por mais de 20 anos. 

No curso do processo, Brito filia-se ao PMDB, em seguida é nomeado presidente do partido com a presença do deputado estadual Chicão e do ministro  Helder Barbalho. O prefeito está afastado por tempo indeterminado, coincidentemente, buscando facilitar a eleição do peemedebista. Agora planeja expurgar da política todos os adversários locais, com a cassação no TRE. 

Outra coincidência, o procurador que luta para manter afastado do cargo o prefeito de Pirabas, foi testemunha em processo judicial em favor de Álvaro Brito. Com tanta coincidência, o PMDB só não combinou com o povo. Quem assume em caso de se confirmar tantas coincidências, é uma companheira do PT.
 
A foto a seguir diz tudo"




Um comentário:

  1. Esse professor escreve bem pra caramba: "tendo sido lotado no gabinete do desembargador que afastou o prefeito de Pirabas por mais de 20 anos.".

    Quer dizer que o prefeito ficou afastado por mais de 20 anos?

    ResponderExcluir