VER-O-FATO: EDUARDO TRANSFORMA OS ÔNIBUS DE BELÉM EM SALA DE AULA DE HISTÓRIA

terça-feira, 30 de agosto de 2016

EDUARDO TRANSFORMA OS ÔNIBUS DE BELÉM EM SALA DE AULA DE HISTÓRIA




Desde fevereiro deste ano, Eduardo Veras, o estudante de 24 anos de Ciências Sociais decidiu ensinar História dentro dos ônibus da capital paraense. Os temas de suas curtas aulas giram em torno de assuntos como feudalismo, renascimento, a chegada dos europeus à América entre outros. 

Seu material de apoio consiste em história em quadrinhos que ele imprime e entrega aos passageiros. Ele não vende, só pede uma contribuição espontânea pela aula. Até semana passada, o reconhecimento pelo esforço de Eduardo era restrito aos passageiros de Belém. 

Tudo mudou há poucos dias, quando uma passageira gravou uma de suas aulas e postou o vídeo no Facebook junto com um texto sobre a iniciativa do estudante. O post viralizou e ganhou as redes. Desde então, Eduardo já concedeu várias entrevistas a veículos de várias regiões do país.

Em entrevista ao History, ele disse que o reconhecimento chegou em uma hora em que ele estava bastante desanimado com a sua dura realidade. Ele estuda em uma universidade privada que faz parte do Fies.

Reconhecimento 

"Qual pessoa que não quer se reconhecida, conquistar o respeito das outras pessoas, ainda mais no nosso país, em que vivemos com tanta dificuldade? São pessoas falando comigo de vários lugares, eu fico feliz. Na semana passada, eu estava desanimado. Eu preciso acertar a minha vida, eu preciso sair dessa condição. Muita gente está louvando a minha atitude", contou Eduardo sobre a fama que ganhou com as redes sociais. 


Sobre a ideia de dar aula no ônibus, ele disse que pensou em algo inovador, mas contou que já havia trabalhado em coletivos antes: 

 
"Já tinha vendido bombom e picolé no ônibus e agora voltei com algo inovador. Pesquisei na internet a história em quadrinhos que e eu entrego. Eu não vendo porque seria plágio. Nos ônibus, eu queria levar algo prático e didático. Foi a necessidade de fazer o que eu gosto".

Sonho é ser professor

Eduardo junta o dinheiro para pagar algumas contas e poder estudar. 

"Meu sonho é ser professor universitário, na área de humanas. Eu tenho um sonho de fazer direito ou filosofia."

Quando perguntado sobre o que poderia mudar no ensino no Brasil, ele responde de uma maneira mais ampla:

"Acredito que deveria haver uma grande reforma política. Todo mundo fala que estamos numa crise, mas eu, particularmente, acredito que não estamos numa crise geral, ela existe para o pobre, essa crise para o pobre não é de hoje, existe há tempos

Texto: Ana Letícia da Rosa

Um comentário:

  1. A VERDADE nem sempre logra ser tutora da história, ou seja, da Vida, da Paz e da Justiça, razão pela qual sob o império da balela, reinam os reais holocaustos que se viu em Dresden, Hiroshima, Nagasaki, Vietnã, Iraque, Líbia, Síria … o latrocínio a inópia e ignomínia. Vide: QUÉ NOS OCULTAN NOTÍCIAS INFORMACIÓN ALTERNATIVA

    ResponderExcluir