sexta-feira, 24 de junho de 2016

DEPUTADO PRIANTE, SOBRE A CANDIDATURA DE MANESCHY: "SERÁ UM DESASTRE ELEITORAL"

Priante: "não conheço esse senhor. Vislumbro um desastre eleitoral na candidatura dele".
Maneschy foi lançado por Jader e Helder, mas sem ouvir Priante. O blog quer ouvi-lo.


Festa, tapinhas nas costas, abraços aqui e acolá, discursos na ponta da língua. O pré lançamento da candidatura a prefeitura de Belém do ex-reitor da UFPA, Carlos Maneschy, ontem, na sede do Pará Clube, saiu dentro dos conformes, como manda o velho figurino populista.

Helder Barbalho, o ministro da Integração que é ministro nas horas vagas e full time em sua campanha para o governo do Pará em 2018, chegou ao local com sua troupe a tiracolo, incluindo o radialista e candidato a prefeitura de Ananindeua, Jefferson Lima. 

Tudo muito bom, tudo muito bem. Só que o PMDB, nos seus bastidores, vive a paz dos cemitérios. O clima é pesado dentro do Diretório Municipal de Belém, cujo presidente é o deputado federal José Priante. Aliás, Priante está agastado, chateado, macambúzio, ou, em bom português, furioso, pê da vida mesmo, com a atitude do magnífico Carlos Maneschy.

Motivo: o ex-reitor da UFPA sequer o procurou para apresentar suas credenciais de soldado político do partido ao qual acabara de se filiar pelas mãos de Jader e Helder. Já chegou como um velho coronel, ou aprendiz de cacique político, sentando-se na janela do avião do PMDB. Quem conhece Priante sabe que o deputado não iria deixar barata a indelicadeza, para dizer o mínimo, de Maneschy.

Priante sequer deu as caras no Pará Clube e sua ausência foi o comentário em todas as rodas entre os presentes ao evento. Muitos se perguntavam o que havia ocorrido. Helder se fechou em copas e nada disse, desviando a conversa. 

Resumo da ópera: Priante não foi, mas soltou um manifesto aos seus liderados do PMDB de Belém, demarcando posição do episódio. Na nota abaixo, a qual o blog Ver-o-Fato teve acesso, o deputado solta os cachorros, diz o que pensa e não economiza adjetivos, verbos e substantivos. 

Ele acusa Maneschy de furtar-se ao diálogo e de não apresentar-se ao presidente do PMDB, uma prática de boa educação usual em qualquer partido, do pequenino ao grandão. 

"Lamento esse processo de atropelo, equívoco, amadorismo, estupidez política. Nunca conversei com esse senhor, portanto não o conheço", afirma Priante sobre Maneschy. E diz vislumbrar na candidatura dele a prefeito "um desastre eleitoral, com repercussão  negativa aos padrinhos dessa empreitada, que mais parece uma carteirada".

Um doce para quem adivinhar a quem Priante se refere quando fala nos "padrinhos" da candidatura de Maneschy. 

Bom, melhor é ler a íntegra da nota de Priante. Ele não diz isso na nota, mas o deputado poderá disputar com Maneschy a indicação do partido à prefeitura. Só depende do próprio Priante. Aí, vai sair faísca e brasas para todos os lados.

O blog tentou falar com Maneschy, mas não conseguiu. De qualquer maneira, o espaço do Ver-o-Fato está a ele aberto para as devidas explicações. Se assim o desejar, é claro.

Aguardemos os próximos capítulos. E vamos à nota do presidente do Diretório Municipal do PMDB. 

FALA, PRIANTE

"Prezados companheiros do Diretório: tenho acompanhado como observador apenas, pois ninguém combinou comigo, a filiação do magnífico Maneschy ao PMDB. Até então nenhum problema. Posteriormente à sua renúncia da reitoria, continuando sem diálogo e uma mínima apresentação a mim, na condição de presidente do PMDB Belém. 

De lá para cá, movimentos de apresentação do senhor a vários setores do partido e tentativas de empolgar outros , e hoje a notícia do pré lançamento, de sua pretensa  candidatura a prefeito pelo PMDB. Lamento esse processo de atropelo, equívoco, amadorismo, estupidez política. Nunca conversei com esse senhor, portanto não o conheço.

Vislumbro um desastre eleitoral, com repercussão negativa aos padrinhos dessa empreitada, que mais parece uma carteirada. Comunico a todos essa minha prévia impressão e, também, que me incluo fora dessa, pela forma desrespeitosa, mal educada, atropelada e por não acreditar minimamente nesse projeto, que já nasceu de um parto complicado".

14 comentários:

  1. Quem é esse Maneschi? eu também não conheço, bota quente Priante estás certo....!!!!

    ResponderExcluir
  2. O anônimo mostra sua ignorância ao dizer que não sabem quem é o professor-doutor Carlos Maneschy. Ele é o homem que chegou para renovar o PMDB e ser o futuro prefeito com o apoio dos nossos líderes Jader e Helder. O resto é mimimi do Priante

    ResponderExcluir
  3. Claro que tu não o conheces Priante, passaste longe da academia não sabes nem o que é um PhD (Philosophiæ Doctor).

    ResponderExcluir
  4. Anônimo das 16h não diga bobagens e me responda quantos votos na urna eleitoral já teve o PHD e a academia do dr. Maneschi. Para alguém quer entrar na política começou mal ao demonstrar arrogância pelo fato de aliar-se a um dos maiores corruptos do país. Explique-se senhor.

    ResponderExcluir
  5. É assim mesmo que a coisa anda, Priante. Os aliados são maltratados e não é de hoje.

    Quem carregou o piano fica de escanteio e agora quem manda no partido vai se chegando aos que antes os chamavam de ladrões, e hoje são recebidos com pompas, como é o caso do Mário Couto. Os verdadeiros guerreiros e outros mais do partido, companheiros de anos e anos agora são preteridos em troca dessas peças.

    Os que outrora os taxavam de bandidos do Pará, hoje são recebidos no partido como estrelas. Pode ser que estejam realmente de acordo com o que exprimia antes o próprio Mário Couto. Quem ajudou na reconstrução do velho PMDB, fica de fora.

    Como diz o anônimo acima “Agora é renovação”. Queria entender onde está a renovação com o Márcio Couto. Priante, vão-se os anéis e ficam os dedos.

    ResponderExcluir
  6. Se ele estiver esperando voto de algum professor da UFPA... NUNCA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tú deves ser uns dos eleitores do Ortiz. Assim como o Prof. Emmanuel, o Prof. Maneschy terá quase a totalidade dos votos dos Professores da UFPA na campanha para Prefeito.

      Excluir
  7. Priante querendo ser tubarão.... tens que dar graças a deus a família baralho! Vc queria ser candidato mais uma vez pra passar vergonha? CAI FORA DEP. DA CANTINA ITALIANA. APARECE PRO POVO ANTES DO PERÍODO ELEITORAL, ESSA EU QUERO VER!

    ResponderExcluir
  8. Ei Priante te preocupa é com o Ex prefeito Cláudio Barroso de São João de Pirabas Afastado por Improbidade Administrativa.

    ResponderExcluir
  9. todos sabem da gestão arrogante e ditatorial do Maneschy em sua longa atividade de reitor. Na companhia de Jader, Helder, Mário Couto o reitor deve se sentir muito bem e satisfeito. Só não vi boi avuar na política.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arrogante !!!! O Maneschy ahahahahahaha. Cidadão tu deves ser aqueles 0,000001% que achas o Professor arrogante. A inveja é uma m.....

      Excluir
    2. PRIANTE COLOCA NA TUA CABEÇA QUE QUEM MANDA NO PARTIDO SÃO OS BARBALHOS. TÚ ÉS PRESIDENTE MUNICIPAL SÓ NO PAPEL.

      Excluir
  10. Desrespeito total com Priante, que inclusive e da família... mas não pega nada...Não vai ganhar mesmo..

    ResponderExcluir
  11. Couto foi pra gangue correta, uniu-se definitivamente aos lularápios deste Estado... Não dá pra levar pra essa gangue o lularápio-mor também?

    ResponderExcluir