INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Linha de Tiro - 12/04/2018

sexta-feira, 13 de maio de 2016

PREFEITURA DE CANAÃ DOS CARAJÁS, GOVERNADA PELO PMDB, GASTOU R$ 706 MIL SOMENTE COM XEROX

Jeová Andrade, o prefeito, faz chover no município. E nada pega porque está blindado no TCM

Paulo Jordão

Um dos principais assuntos comentados pelos moradores de Canaã dos Carajás, em todos os cantos da cidade, é o escândalo envolvendo a contratação pela prefeitura da empresa Mega Informática (A Mendes dos Reis) para fornecimento de xerox preta e branca para a Secretaria Municipal de Educação, no valor de R$ 706 mil 680. O contrato foi assinado em 29 de maio de 2013 com o número 20130692, tendo como contratante o Fundo Municipal de Educação. Valeu até 30 de Dezembro de 2013, exatos sete meses.

Além do valor absurdo do contrato, já que o montante daria para aparelhar a Secretaria de Educação com 29 fotocopiadoras modernas e multifuncionais e suprimentos para três anos, os moradores de Canaã acreditam que houve manipulação na licitação feita pela prefeitura, já que o dono da empresa vencedora, Anderson Mendes dos Reis, presidente da Associação Comercial e Industrial local, é parente do prefeito Jeová Andrade.

Anderson Mendes também é irmão do vereador José Wilson dos Reis, o Wilson do Líder, e do diretor da Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Gilson Mendes dos Reis e já participou e venceu várias licitações na prefeitura. A empresa dele, localizada na Avenida dos Pioneiros, 98, Centro, apesar de ter sua a atividade principal no comércio de equipamentos e suprimentos de informática, segundo consta de seu Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica CNPJ (nº 04.958.783/0001-71), atua também em diversos ramos. 

As atividades econômicas secundárias da empresa englobam locação de automóveis com e sem motoristas, comércio de calçados, manutenção de computadores, hotéis, papelaria, brinquedos, artigos esportivos, transporte de passageiros, aluguel de máquinas e equipamentos agrícolas, aluguel de máquinas e equipamentos para escritório, fotocópias, venda de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo e instalação e manutenção de sistemas centrais de ar condicionado, de ventilação e de refrigeração. O maior cliente é a prefeitura de Canaã dos Carajás.

No primeiro mês de contrato, por incrível que pareça, segundo moradores, a empresa Mega Informática recebeu R$ 500 mil da prefeitura. O total do contrato é de R$ 706.680,00 para a prestação de serviços de xerox nos formatos A4 e A3 para atendimento das necessidades da Secretaria de Educação e unidades educacionais do município. Ironicamente, segundo denúncias de moradores, funcionários e alunos da escola “Maria de Lourdes” precisaram fazer uma promoção com o objetivo de angariar recursos para adquirir uma impressora.

Se realmente foram usados os R$ 706.680,00 para fotocópias, tomando por base o preço de R$ 0,10 cobrado por cada cópia, o total foi de 7 milhões, 066 mil e 800 fotocópias no formato A4. Se pagou R$ 500 mil nos 30 primeiros dias do contrato, então foram tiradas 5 milhões de cópias. Para alcançar tal número nesse período de tempo seria preciso tirar diariamente 166 mil 166 cópias. 

Segundo a blogueira Léia Cardoso, em Canaã dos Carajás, o primeiro passo para concretizar o desvio de dinheiro público começa no processo licitatório, onde a empresa escolhida aceita vencer sob determinados e escusos acordos, mas às vezes também já participa com a carta premiada e se apresenta apenas para fechar acordo preexistente e abocanhar o objeto licitado, certo de que não vai fornecer o produto ou realizar a obra.

3 comentários:

  1. o prefeito Geová nada faz pelo município apesar de receber milhões de reais da Vale Ministério Público, onde estas?

    ResponderExcluir
  2. So que ,de uma coisa ele nao sabe: A Policia Federal ja esta investigando e a casa vai cair!

    ResponderExcluir