terça-feira, 17 de maio de 2016

DEFENSOR PÚBLICO LANÇA DIA 29 "O MUNDO DA CRIANÇA"



Apresentação

Paraguassú Éleres, meu pai, escreveu este livro em 1975, com informações do mundo que nos rodeia, quando Fábio, meu irmão mais velho, tinha 8 anos. Começa pelo ambiente mais próximo: a casa, a pracinha do Conjunto do Basa, onde morávamos, a quadra, o bairro, as ruas, as estradas, os rios, mundo que completava quando voltava das campanhas topográficas nos campos do Marajó, nas matas da Amazônia, encantando-nos com suas aventuras entre os índios Yanomami, e nas noites claras, com a luneta astronômica nos mostrava o “céu”, onde víamos crateras da Lua, o movimento dos planetas e estrelas (os lindos anéis de Saturno !) e tanto quanto possível, o nosso Pairágua nos integrava o micro e o macrocosmo.

Lembro que, lá pelos meus 8 anos, folheei o livro com papai, mas então vieram as viagens de Agrimensura com questões jurídicas que o nortearam a estudar Direito, depois a direção da Defensoria Pública, o Mestrado, o Magistério e tantos outros compromissos, de modo que pouco depois, quando chegaram Marília e os gêmeos Ricardo e Cristina o “livro” já fazia parte do acervo da pasta “Documentos Humanos”.


Nascem Gabriel, Lucas, Giovani, Bruna, Alexandre, Henrique, Laís Cecília e Ghido, e com eles, a vontade de publicar o texto com as páginas já amareladas, datilografadas há 40 anos pelo hoje avô, o qual renova as “informações do mundo que nos rodeia”, como fazia na aurora da nossa infância. Com os mesmos desenhos que fez e a colaboração da Imprensa Oficial do Pará, Parágua presenteia outras crianças com o livro que nos ensinou sobre o mundo, reafirmando que “basta amor e humor, que o resto vem sem dor”

Gisele Éleres

Nenhum comentário:

Postar um comentário