VER-O-FATO: FUNCACAU É QUEM PAGA DIÁRIAS E VIAGEM DE HILDEGARDO PARA FESTIVAL DO CHOCOLATE, DIZ GOVERNO

quinta-feira, 7 de abril de 2016

FUNCACAU É QUEM PAGA DIÁRIAS E VIAGEM DE HILDEGARDO PARA FESTIVAL DO CHOCOLATE, DIZ GOVERNO

Hildegardo Nunes: fundo privado paga viagem e estadia em Portugal por 10 dias

A jornalista Simone Romero, um dos esteios de retaguarda da informação no governo de Simão Jatene, manda para o blog os seguintes esclarecimentos, a propósito da viagem do secretário de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Hildegardo Nunes a Portugal para participar, durante dez dias, do Festival Internacional do Chocolate:

"As despesas com a viagem do secretário Hildegardo Nunes a Portugal, incluindo aí as diárias, estão sendo custeadas pelo Fundo de Apoio à Cacauicultura do Estado do Pará (Funcacau), um fundo mantido com uma taxa paga pelo setor privado nas operações de venda de cacau para outros estados. Portanto, a viagem não vai impactar sobre as verbas de custeio da Sedap e, consequentemente, do governo do estado".
 
O Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, em Portugal, segundo Simone Romero, é realizado há 15 anos e reúne alguns dos principais produtores de chocolate da Europa. "O mercado europeu é um importante consumidor de chocolate e cacau e o festival português é uma porta de entrada para esse mercado. Durante os 10 dias em que ficará em Portugal, o secretário Hildegardo Nunes tem encontros marcados com empresários do setor e participará de palestras", explica a jornalista.
 
A ideia, resume ela, é buscar parceiros comerciais para a nossa produção de cacau que já começa a gerar excedentes. "Em 2016, por exemplo, a estimativa é que sejam colhidas 120 mil toneladas de amêndoas secas de cacau. No ano passado o Pará produziu 105 mil toneladas".

NOTA DO BLOG: As informações prestadas por Simone Romero não constam das justificativas apresentadas no decreto assinado pelo governador, ordenando o pagamento das diárias ao secretário e seu deslocamento para o país europeu.  

2 comentários:

  1. Como é possível 3 quadras de expositores locais....com atrações locais....o próprio povo das aldeias vizinhas se reunem para angarias seu sustento.....e sai de belem do pará alguém ...sabe lá deus com que propósito. ..

    ResponderExcluir
  2. funcacau é fundo estatal, mantido por taxa compulsoria dos produtores, portanto dinheiro público.
    é uma falacia todo o dinheiro público é arrecadado do setor privado seja em impostos e taxas, etc.
    Saiu do bolso dos contribuintes, no caso os produtores de cacau, e entrou para o estado, o dinheiro é publico e não privado;
    Então é melhor usar outro argumento, porque esse ai não colou não.

    ResponderExcluir