sexta-feira, 25 de março de 2016

PMDB DO RIO VAZA DO GOVERNO. MAS NO PARÁ, JADER DIZ QUE "SÓ RATOS ABANDONAM O NAVIO"


Enquanto no Rio de Janeiro o PMDB anuncia posição a favor do impeachment e prepara seu desembarque da base de Dilma, aqui na terra do açaí, o senador Jader Barbalho, com indicações federais em órgãos e tendo um filho, Helder, no Ministério, se mantém irredutível no apoio ao governo. Ele já disse a amigos que "só ratos abandonam o navio". 

Não se pode negar que Jader é coerente, porque se abandonasse o navio em meio ao mar revolto, teria antes que abrir mão de tudo o que já negociou com o governo e ainda pretende negociar. 

Lula, por sua vez, aproveita a sexta-feira da Paixão de Cristo para tentar juntar os cacos e impedir que mais ratos pulem do navio. O ex-presidente, na agonia de viver entre a cruz e a caldeirinha, tenta salvar ao mesmo tempo a própria pele e a do governo.

Como sempre, ele promete mundos e fundos aos que ficarem ao lado de Dilma. Se bem que fundos, a esta altura do campeonato, soem um tanto prosaicos e perigosos nesses tempos de Lava Jato. 

Digamos que ministérios, cargos e liberação de emendas parlamentares. Para usar uma linguagem mais palatável.

Dá menos na vista.

 

Um comentário:

  1. Será que ele está esperando que o lularápio vá tirá-lo da cadeia quando for apurado sua participação na grana do ptrolão?

    ResponderExcluir