VER-O-FATO: EM DUAS MANIFESTAÇÕES, CONCURSADOS APROVADOS COBRAM NOMEAÇÕES EM BELÉM E ANANINDEUA

terça-feira, 15 de março de 2016

EM DUAS MANIFESTAÇÕES, CONCURSADOS APROVADOS COBRAM NOMEAÇÕES EM BELÉM E ANANINDEUA

Os concursados estão nas ruas, cobrando suas nomeações dos governos tiucanos

A Associação dos Concursados do Pará (Asconpa) realiza neste momento duas importantes manifestações que têm como objetivo cobrar as nomeações dos aprovados em concursos públicos. A primeira ocorre em Ananindeua. Aprovados em concursos realizados nos anos de 2012 e 2015, estão no Fórum Cível, para pedir esclarecimentos sobre o andamento de ação ajuizada pelo Ministério Público, determinando ao prefeito Manoel Pioneiro (PSDB), as nomeações dos concursados. 
 
A ação do MP foi motivada também pela descoberta de 2.100 contratações de temporários, em vagas destinadas aos concursados. Os concursados tentam audiência com a juíza Valdeíze Maria Reis Bastos, titular da Vara da Fazenda daquela comarca.

A segunda manifestação acontece em Belém. Os aprovados no Concurso Público 001/2012, promovido pela Secretaria Municipal de Educação, participam de ato em frente à sede da prefeitura da capital. Os concursados cobram do prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB), a posse de 305 nomeados por determinação do Tribunal do Justiça, em ação pública ajuizada pela Defensoria Pública do Estado.

Os concursados aguardam chamada há mais de três anos, quando foi homologado o Concurso Público 001/2012, promovido para diversos cargos administrativos na Secretaria Municipal de Educação de Belém, a Semec. Parte dos aprovados já foi  nomeada, mas a peso de muita pressão e, inclusive, invasão do órgão, após descoberta de que a Secretaria estava contratando temporários e terceirizados para as vagas destinadas aos concursados. 
 
Um vídeo, gravado por um dos concursados, chegou a ser veiculado nas emissoras de televisão do estado. Ocorre que, após meses sem nenhuma resposta favorável aos concursados, a Defensoria Pública ajuizou ação, que imediatamente foi deferida pela Justiça. No entanto, aproveitando-se de lapso do Judiciário, que na determinação nada diz sobre a posse dos concursados, no dia 28 de dezembro de 2015, Zenaldo Coutinho publicou no Diário Oficial do Município apenas as nomeações dos aprovados no certame.

Nenhum comentário:

Postar um comentário