quarta-feira, 16 de março de 2016

CASF FAZ 34 ANOS, ALICERÇA CREDIBILIDADE E ENCARA DE FRENTE OS NOVOS DESAFIOS

O presidente da atual diretoria, Madison Paz com seus diretores Fabiano de Cristo e Domingos Silva, além dos conselheiros deliberativos Sílvio Kanner, Jane Barbosa e Walter Faro

A Caixa de Assistência aos Funcionários do Banco da Amazônia ( CASF) completa 34 anos de muitas ações em prol da saúde e qualidade de vida para uma comunidade assistida em torno de 10 mil vidas, entre associados que são os funcionários do Basa e seus familiares, por meio de seus planos , que desfrutam de grande credibilidade junto aos prestadores de serviços médicos, pela seriedade e competência profissional na condução de seu negócio e na presteza no atendimento de seus compromissos.

A atual gestão desenvolve ações com profissionalismo para consolidar a saúde financeira da instituição e conquistar novas adesões em 2016, dentre jovens empregados do Banco da Amazônia, que estão sendo convidados a analisar as vantagens de integrar a Família CASF. Os desafios para manter a saúde financeira da CASF e garantir a qualidade no atendimento das demandas de saúde de seus associados são cada vez maiores diante de um cenário de crescentes custos dos serviços médicos e assistenciais.

A profissionalização do quadro de colaboradores tem sido uma das ações prioritárias implementadas pela atual diretoria, através do Programa de Incentivo à Formação e Desenvolvimento de Pessoas, que visa aprimorar a formação educacional e profissional de seus empregados, gerando processos de mudança de mentalidade, aumentando a autoestima, motivação e qualidade na gestão de nosso principal negócio e missão: promover saúde e qualidade de vida de nossos associados.

A auditoria médica tem contribuído com dedicação e profissionalismo para o controle das despesas médicas na sua real dimensão, sem prejuízo do atendimento efetivo de todas as demandas de nossos associados. Nos últimos sete anos, vinha ocorrendo uma preocupante redução do contingente de vidas assistidas pelo Plancasf e Plano Família, por variados motivos, como morte, saída espontânea ou inadimplência. Com a implementação dos novos planos, a partir de abril/2014 – Casf Saúde, Casf Saúde Especial e Casf Família – ocorreu um incremento de 0,74% no computo geral, representando 93 novas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário