VER-O-FATO: É O FIM DA PICADA: PÂNICO E ASSALTO DENTRO DO PSM DO GUAMÁ

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

É O FIM DA PICADA: PÂNICO E ASSALTO DENTRO DO PSM DO GUAMÁ

Cena de horror dentro do PSM: rotina agora temperada por assalto
 
Era só o que faltava.

Não bastassem os sequestros relâmpagos, as execuções diárias e os assaltos com reféns, a violência em Belém protagonizou hoje, no final da manhã, um episódio ao mesmo tempo grotesco e ousado.

Dois bandidos, feridos e atendidos no Pronto Socorro do Gumá, depois de medicados, tocaram o terror dentro daquele hospital, assaltando pacientes, funcionários e acompanhantes. 

Um dos assaltantes, que chegara ao hospital numa ambulância, apresentava um ferimento na cabeça. Ele foi atendido e liberado. Foi quando anunciou o assalto. O bandido e outro comparsa roubaram celulares e pertences pessoais. A guarda municipal de Belém, que costuma ficar na frente do pronto-socorro, estava na parte de trás realizando vistorias. 

Com isso, os homens fugiram pelas ruas do bairro a pé. No meio do caminho, eles assaltaram um carro para facilitar a fuga, mas a polícia já havia sido acionada. Com o veículo identificado, houve perseguição e troca de tiros. Um dos homens foi baleado e o outro conseguiu fugir. 

O baleado voltou ao PSM do Guamá, onde recebe atendimento. A identificação dos homens ainda não foi divulgada.

Espera-se que, desta vez, o bandido não volte a assaltar os pacientes já assaltados por ele.

É Belém, 400 anos. Cidade da violência e do inusitado.

2 comentários: