INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Linha de Tiro - 12/04/2018

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

CLIMA DE GUERRA NA RODOVIA SANTARÉM-CUIABÁ E GOVERNO BRINCA COM PÓLVORA


Em vez de mandar dirigentes de órgãos federais e da Celpa para conversar com os manifestantes, que há quase uma semana bloquearam a rodovia Santarém-Cuiabá (BR-163), reivindicando uma série de providências que vão de regularização fundiária a energia elétrica em áreas rurais e aldeias indígenas, quem apareceu na região foi a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cuja missão é zelar pelo tráfego na estrada.

E aí, enquanto o problema não é resolvido, a tensão aumenta entre todos os envolvidos na manifestação, inclusive os índios kayapós, que estão com seus arcos e flexas "prontos para a guerra".  A fila de caminhões já passa de 10 km e envolve mais de 1.500 veículos. 

Depois, quando a coisa explode e degenera em violência, aí aparecem os salvadores de pátria governamentais, políticos e outros interlocutores até agora calados, para intermediar negociações com os revoltados, posando de bons moços. 

O blog Ver-o-Fato alerta mais uma vez as autoridades para que façam alguma coisa antes que seja tarde. Vejam em que pé estão as coisas, assistindo o vídeo acima enviado pelo nosso colaborador em Novo Progresso, o intrépido repórter-cinegrafista, Jorge Tadeu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário