quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

PRESO POR MEDRADO COMANDA O PT DO B E FOI "HOMEM DE VISÃO 2015"

Lúcio, sob o olhar de Medrado, enquanto o promotor Hélio Rubens vê o celular dele

Aqui, o dirigente do PT do B, ao lado de amigos e do deputado Eder Mauro

Essa foto ilustra a página de Lúcio Oliveira no Facebook
Ele e Zezinho Lima recebem o prêmio "Homem de Visão 2015"
Ao lado de amigos, após receber o título de "Cidadão de Marapanim".


Lúcio Assunção Oliveira, o homem preso ontem dentro do gabinete de Nelson Medrado, procurador de Justiça do Ministério Público Estadual, acusado de extorquir prefeitos e gestores envolvidos em irregularidades, fazendo se passar por amigo de autoridades, não é um zé ninguém. Ele é o presidente do PT do B Jovem no Pará, um desses partidos pequenos cuja relevância só se faz sentir em época de eleição, fechando acordos para apoiar partidos com chances de chegar ao poder. Obviamente em troca de cargos ou de alguma migalha.

O jovem bem apessoado e elegante, dono de uma lábia capaz de engambelar qualquer desavisado, além de comandar a juventude do PT do B, também frequenta boas festas e recebe homenagens e honrarias. Foi assim, por exemplo, que no final de dezembro passado, Lúcio Oliveira recebeu o título de "Homem de Visão" do Pará em 2015, na área de gestão pública, numa casa de recepções do bairro da Cidade Velha. 

Quem entregou o prêmio a ele e o homenageou, foi o Conselho Especial de Eventos do Estado do Pará e Amapá. "Tenho certeza que mais esse prêmio, é pelo reconhecimento do nosso trabalho em favor das pessoas que mais precisam de atenção do poder público. Obrigado a todos pela confiança em nosso trabalho", declarou Lúcio, demoradamente aplaudido e tendo a seu lado, também eufórico em receber a mesma honraria, o presidente estadual do mesmo PT do B, Zezinho Lima. 

O prefeito de Mocajuba, Rosiel Costa, também agraciado, estava na mesma solenidade, tratando Lúcio de "ilustríssimo doutor". Esse prefeito foi um dos que procuraram Nelson Medrado como uma das vítimas de suposta extorsão praticada pelo presidente do PT do B Jovem. Ironia do destino. 

Mas não termina aí a saga inusitada de Lúcio. Ele também já foi homenageado por outras entidades e prefeituras. Em 2015, no plenário da Câmara Municipal, Lúcio recebeu o título de "Cidadão de Marapanim". Um vereador, ao entregar a comenda, carregou nos verbos e adjetivos ao homenageado: "parabéns Lúcio Assunção, você merece pelo lindo trabalho que você vem desenvolvendo em nosso Estado".

Em conversa com o blog Ver-o-Fato, Nelson Medrado disse ter ficado surpreso ao receber Lúcio Assunção Oliveira em seu gabinete, no prédio do Ministério Público, justamente quando o promotor Milton Menezes já estava com a ordem de prisão contra ele decretada pela Justiça. "O Milton (promotor) pensou que era brincadeira minha quando eu liguei para o celular dele e falei que o rapaz procurado estava na minha sala", contou Medrado.

Muito falante, Lúcio não desconfiava que seria preso. Medrado ainda brincou:  "eu perguntei a ele se ele andava armado e ele respondeu que não gostava de arma". Foi nesse momento que o procurador, após dizer a Lúcio que tinha uma arma em seu gabinete, deu voz de prisão a ele. O presidente do PT do B Jovem, surpreendido com a atitude de Medrado, que tinha ao seu lado o promotor Hélio Rubens, outro baluarte no combate a prefeitos corruptos, limitou-se a dizer que "tinha sido usado", sem dar o nome de ninguém.

Na verdade, segundo Medrado, o rapaz gosta de se intitular influente e amigo de pessoas no governo, na Justiça, em prefeituras e no próprio Ministério Público, para praticar extorsão. Os "R$ 30 mil que estavam com ele, na hora da prisão, provavelmente devem ser de alguma extorsão praticada", resumiu o procurador, informando que Lúcio ficará preso, porque outros fatos envolvendo-o estão sob investigação.

No celular dele, apreendido, há conversas e diálogos com várias pessoas, algumas conhecidas. A saga de Lúcio Oliveira, o premiado jovem que comanda um partido nanico, parece estar só no começo.     


4 comentários:

  1. Também estava na festa do Pioneiro abraçando e sendo elogiado pelo velho Alcaide, que coisa! Também é preciso investigar quem é o Desembargador do TRIBUNAL (TJPA) dono da lancha que Lucio andava charlado pela bai do guajará, tendo levado Zezinho Lima para Portel ! QUEM? QUEM? QUEM?

    ResponderExcluir
  2. Ele estouquiu não só dinheiro do prefeito de Mocajuba, no acordo ele colocou a Sra Rita como secretaria de saúde do município com intuito da mesma fz desvios dos cofres,antes de assumir ele pesquisou qual secretaria tinha mais dinheiro e recursos p fz o desvio e só fez a investigação eles são uma quadrilha tem mais gente envolvida todas encabeçada por ele

    ResponderExcluir
  3. ele está prometendo para os presos, arrumar advogado para soltá-los! pensa em um cara muito bom de papo!

    ResponderExcluir
  4. Ele me enganou também, agora que descobrir que estar preso, vou correr atrás dos meus direitos... Vou pedir ajudar do doutor Medrado...

    ResponderExcluir