domingo, 10 de janeiro de 2016

ENTENDA O QUE EU DIGO: SOU PARAENSE, MANO



O blog já entra no clima dos 400 anos de Belém - que serão comemorados no próximo dia 12, terça-feira - e apresenta para os muitos leitores das regiões Nordeste, Sul e Sudeste do país, o modo de falar dos paraenses. Quem nunca veio a Belém, ou se já esteve por aqui, um dia encarou frases que não entendeu. Mas, depois que entendeu, passou a também falar a linguagem regional. O historiador Câmara Cascudo, um dos maiores estudiosos das expressões brasileiras de todas as regiões, afirmou certa vez que é no Pará que se fala o melhor português do Brasil.

É verdade. O paraense sabe falar direito, empregar o tu e conjugá-lo com sapiência. Qualquer criancinha diz: "tu vais sair, mãe? Ou um adulto: "te cuida, amigo". Ao contrário das novelas da Globo, por exemplo, que abusam no modo de falar errado, ao usar termos como "se cuida", ou "tu vai viajar?". Erros grosseiros que deseducam qualquer povo.

Além de falar bem o português, o paraense também possui maneira peculiar de se comunicar com seus parentes, amigos e conhecidos aqui nascidos - e até com os que vieram de fora, gostaram de Belém ou do interior do Estado, e moram aqui. Veja como é essa comunicação, com suas palavras e significados.

ÉGUA: Vírgula do paraense, usada entre mil de mil frases ditas, e com essa expressão, ele não tem a menor chance de errar nas concordâncias...

LEVOU O FARELO! - Se deu mal!

PITIÚ - Cheiro característico de peixe, você consegue sentí-lo com maior intensidade no Ver-o-Peso Cheiro de ovo também é pitiú.

SÓ-TE-DIGO-VAI! - Expressão usada pelas mães para chamar a atenção dos filhos malcriados, quando não as obedecem.

TE ACOCA - Te abaixa.

MUITO PALHA! - Muito ruim!

TUÍRA - Pó da pele de quem não toma banho direito! rsrs (essa é boa!).

MAIS-COMO-ENTÃO? - "Me explique por favor!".

BORA LOGO! - Se apresse!

BORIMBORA! - Vamos embora.

"MAS QUANDO" - "Você está mentindo!".

"EU CHOOORO!!!" - Significa " não tô nem aí pra tí!, te vira!, dá teu jeito!".

"OLHA QUE O PAU TE ACHA!" - Toma cuidado!.

FILHO DUMA EGUA - Filho da mãe.

E-GU-Á - Poxa vida!!!

PAI D'EGUA: - Excelente.

MAS CREDO - Sai fora.

OLHA JÁ - Eh mentira!!

JÁ ME VÚ - Tchau.

ÊÊÊ... - Quando algo que se conta é mentira.

ERAS - O eras acompanha também todos esses sinônimos.

TU ALOPRAS - Vc "apela".

HUM TÁ, CHEIROSO! - Expressão.... "hum...ta bom, gatinho, ta bom lindo, ta bom bonito.."é uma forma de ironia, tipo "conta outra!".

PUTISTANGA - Sinônimo de "É-GU-A" que quer dizer: poxa vida!!!

UUUULHA - Expressão usada por nossas criancas q do querem se referira algo.

ASSANHADO - Para nossos amigos sulistas, esse adjetivo não quer dizer "ENXERIDO", e sim, seu cabelo está bagunçado!!

DIACHO - Expressão de desapontamento.

DESPOMBALECIDO - Estado de moleza e cansaço. Enfermidade;

MERDA NÁGUA! - É o famoso "maria vai com as outras".

CARAPANÃ - Pernilongo, mosquito, borrachudo.

PÔ-PÔ-PÔ - Embarcação típica composta por um a canoa coberta, movida a motor de 2 tempos na pôpa.

CALANGO ou OSGA - Lagartixa (de chão).

BAITA - Algo legal, bacana.

ARREDA AÍ - Afasta aiii.

JÁ ESTÁS NO TEU MOMENTO - Quando alguem faz algo que chame atenção, ou dá em cima de outra pessoa... ai usam isso!

DERRUBAR - Caguetar, entregar, dedurar.

JÁ VALE??? - Quando alguem faz algo que a outra pessoa nãoo gosta, por exemplo: Já vale me derrubar?

MAS QUANDO! - Não se refere a data e sim a pessoa dizendo "não" ,por exemplo: você vai ao show, hoje?? Mas quando, estou sem dinheiro.

ESMIGALHAR - Amassar, desmanchar.

ESBANDALHAR - Quebrar.

RALHAR - Brigar.

DIZ QUE... - Uma interjeição de ironia.

COQUE - Um leve soco com a falange dos dedos na cabeça da criança peralta.

PAPUDINHO - Cachaceiro.

DISPRÉ - Algo ruim, vergonhoso .

CARAMBELA - Cambalhota.

JÁ QUERES... - Quando a pessoa está interessada em outra, por ex: Olha, esse carinha é gatinho(a garota fala). Ja queres,né!(a outra responde).

BOLO PODRE - Bolo de tapioca.

LAVAR PRATO - Quando nao se tem dinheiro para pagar a conta se diz que vai lavar os pratos do local.

PAPA-CHIBÉ - Paraense autêntico, aquele que não troca seu pirão de água com farinha com umas boas cabeças de camarão.

CAMETAZINHO - Típico cidadão que fala vumbora sumanu, pega água nu pusu, já comeste un uvu?

MANINHU - Amigo, colega.

HEBE = Égua - Caramba (Hebe era usado por pessoas que antigamente consideravam o Égua como um palavrão).

LÁ NO CANTO - Lá na Esquina.

XIRÍ - Orgão genital feminino.

CABÔCU - Pessoa matuta.

RABIOLA - Um tipo de pipa ( pra nós, papagaio).

CABAÇO - Pessoa que nunca teve relações sexuais .

AXIIII, CREDO! - Expressão de desdém quando você não gosta de alguma coisa.

SURARA - Quando o caboco termina o açai, põe água na tigela e toma aquele liquido tinto, tá tomando a surara..não desperdiça nada!

GITA ou GITITA - O mesmo que pequenina .

TEBA - Quer dizer grande, Por exemplo: tem uma teba de uma orelha.

CHOPE: Em todo canto vemos placas assim: VENDE-SE CHOPE, quem não sabe fica intrigado, achando que vende cerveja em todas as casas, quando na verdade é sacolé.. como os "pregos" falam pras bandas do sul...

ESPOCAR - Estourar, encher de mais, explodir, etc...

PÃO CARECA - Pão francês, cacetinho, etc.

TITIA - Normalmente usado pelo paraense ao invés de "tia". Ex.Vou pra casa da titia.

DAR A FORRA - Retribuir um favor prestado por alguém.

PIRA - Brincadeiras infantis (tipo pique lá pras bandas do sul)ou ferimento causado por má higiene.

PIRENTO - Alguém acometido de "pira", ehehe.

TORÓ - Chuva forte.

PAPAI - Vocativo irônico, Ex. Égua, assim não tá dando, papai.

CABOQUICE = Adjetivo que diminui algo/fato.

VOU LÁ EM BAIXO - Vou ao comércio (usado muito por pessoas mais velhas).

TÁ RALADO - Palavra usada para expressar que algo está difícil de ser realizado(tá foda!).

PIPÍRA - Mulherzinha, cabuquinha...

POTOCA - Papo furado, mentira

TU TÁ BEM NA FOTO , mas não é lá essa coca-cola - Estás bem, mas não é lá essas coisas...

MAS TÁ VINDO UM PÉ D'ÁGUA - Tempestade, chuva muito forte.

QUATIPURU - Esquilo.

TAPURU - Espécie de larva de mosca.

VAREJEIRA - Mulher safada.

CABA - Espécie de inseto (marimbondo, vespa).

PORRETA - O mesmo que pai d'égua.

TU VAIS DANÇAR UM CARIMBÓ, JÁJÁ - Eu vou te dar uma surra.

VOU ME QUEBRAR COM AQUELA GATA - Vou ficar com aquela mulher.

JIA - Perereca, rã.

TUPÊIA - Centopéia, lacraia ..

ESCANGALHEI COM A MINA - Fez barba, cabelo e bigode com a gata.

FIQUEI DE BUTUCA - Ficar na espreita.

MUTUCA - Inseto que dá uma época do ano no interior.

ME ERRA (ou me mira, mas me erra) - Pra cima de mim,não.

PIOR - É verdade.

TOMA-LHE-TE - Toma-te com mais ênfase.

ESPOCA FORA - Te manda = rasga, vai embora.

DE ROCHA - De verdade, pra valer.

NA VERA - Valendo.

MUITO PALHA - Devagar, escroto, fraco.

BUIADO - Endinheirado.

ASILADO , estar no caritó - Homem ou mulher que já estão há muito tempo sem manter relações sexuais.

BUSTELA - Meleca.

BENJAMIM - T (aquele troço que põe na tomada pra ligar vários aparelhos elétricos).

VISAGEM - Fantasma, assombração.

PAVULAGEM - Metidez, frescura.

JERIMUM - Abóbora.

IGARAPÉ - Córrego.

CASA DE FUNDO - Barraco.

PAPAGAIO - Pipa.

BOMBOM - Balinha.

TAPIOCA - Beiju.

JOGO DE CEMITÉRIO - Queimada.

TRAVESSA - Tiara (arco de prender o cabelo).

MINGAU DE MILHO BRANCO - Canjica (Centro-Oeste, Sudeste), Chá-de-burro(MA).

CANJICA - Cural (Centro-Oeste).

PERAÍ - Espera um pouco. Exemplo: ei, maninha, perai, já tô indo !!

RASGA - Saí fora ! EX: Ei, muleque! rassssga !!!!!

PIQUENO(A)- Rapaz ou moça ex: Ei, piqueno, pega aí essa tigela de açai!

PIQUENOZINHO(A) - Termo pejorativo, pessoa enxerida, esse termo foi simplificado pra zinho ou zinha. Ex: É-GU-Á, Esse piquenozinho é muito chato!!!

EU HEIM - Tô fora ! EX: Ei, aquele piqueno tá a fim de ti?? resposta: Hummm, eu hein !!!!

ILHARGA - Lado, cadeiras (do corpo).

CHIBÉ - Mingau de farinha cuí - Farinha fina, também significa aquelas sujeirinhas de moleque.

MAS QUANDO, JÁ! - Nunca.

FRESCANDO - Fazendo graça.

VISGO - Vício, costume.

MUFINO - Adoentado, triste, abatido, cansado.

BAQUE - Pancada, machucado.

MANINHO - Colega.

BORÓ - Dinheiro trocado.

GRAFITE - Carga de lapiseira.

TOPADA - Tropeço, pancada no pé.

OVADA - Grávida !!!

PAGANDO - Boquiaberto.

PAMPEIRO - Muita chuva.

ESTURDE - Estranho.

BÓIA - Comida.

TU VAI TE LAÇÁ - Tu vais te dar mau.

BEM BÃO! - Interjeição que indica surpresa. Demais bom: muito legal, gostoso etc...

BARÃO - Refere-se a qualquer pessoa que tenha muito dinheiro, serve também como interjeição (tipo "égua,barão").

TCHETCHECA - Fofoqueira.

CUTACA - Sapo , rã.

VUADEIRA - Lancha.

ATÉ OS BALDES - Também usado para mulheres grávidas.

TIROU O BALDE - Passou perto.

ELE(A) É UMA BAQUE - É feio(a).

COMIGO ELE(A) PIMBA - Comigo ele(a) se dá mal.

BRÔTA - Gorda.

APRESENTADO - Atrevido.

PISSICA - Má sorte (pode ser usado também pra torcer contra - fazer pissica).

MURRINHA - Preguiça.

DEU PREGO - Quebrou, enguiçou.

LÁ NA CAIXA PREGO - Lá longe, longe, longe pra caralho...

PORRUDO - Enorme.

CAPA O GATO - Vai embora. Corre.

INHACA - Fedor.

FARINHA BAGUDA - Farinha grossa.

SEM TERMO - Dito a quem não tem bons modos,ou seja, um bom comportamento.

FUGUETA - Assanhada.

TUCANDEIRA - Um tipo de formiga grande que dá muito em interior perto de árvore de jaca, e que sua ferroada dói muuuuiiito. Também pode ser sinônimo de calça pescador - Calça tucandeira.

NA ROÇA - Sem dinheiro.

"DANDO PASSAMENTO" - Passando mal por causa da fome.

"TÔ BROCADO" - Estou com muita fome.

QUIÉ MERMÃO - O que tu tá olhando?

MALINAR - Fazer maldade com alguém (também usado para beliscar, fazer cócegas).

MAS Ú CARAMBA - Noooossa!

Mano! tu és o FONA! - Amigo, você é o último.

Esse cara é meu AVÍU! = Esse cara é meu amigo!

Pira paz não quero mais! - Parei!

Éeeeeegua! té leso? - deixa de ser doido!

Açaí de 10 reais - Pessoa grosseira.

PLOC - Garota de programa.

TÁÁÁÁ BUNITINHO - Duvido!

CUIRA - Gastura - Impaciência.

MATA NO MEIO - Queimada (brincadeira).

CRUVIANA - Aquele assobio do vento.

NAVIO GAIOLA - Embarcação tipica dos rios amazônicos.

MAS É? Quando tá tirando uma com a pessoa.

Espia - Olha (ironizando).

Nem te conto - Vem cá, quero te contar uma coisa.

PITIÚ OU PIXÉ - Cheiro tipico de peixe.

PIRACUÍ - Farinha de peixe.

XIBATA - Espécie de chicote.

XIBANTE - Pessoa chata.

PANEMA - Pessoa de má sorte.

CATIROBA - São meninas que ficam com qualquer um, está próximo da prostituta, mas ainda não é...

VIXE MARIA - Para espanto negativo, tipo: vixe Maria, a conta da luz veio alta demais!!!

DU GRUSSU - Polpa de açaí em estado pastoso com pouca concentração de água.

E ÁIMMMMMM? - "E ai, como você está?" (fanhoso).

TRAPICHE - Construcão, na maioria das vezes, de madeira que adentra os limites do rio ou do mar, utilizada para embarque e desembarque de passageiros ou mercadorias bem como o pescado. conhecida popularmente em outros estados como porto; dique; ponte...

CASCO - Canoa pequena usada pelos ribeinhos.

BATELÃO - É uma canoa maior usada pelos marajoaras para irem de uma fazenda a outra em época da chuva. Quando o itinerário é muito longo essas canoas são puxadas por búfalos.

JERIQUINHO - Jumento.

BOIEI - Quando a pessoa não entende o que está sendo falado.

LÁ ONDE O VENTO FAZ A CURVA - Muito longe.

SÓ O CREME, MANO - Coisa muito boa, melhor parte, uma seleção do que existe de melhor! pode ser utilizado em qualquer frase.

MUITO FIRME!! - A muito bom (a).

APURRINHAR - Aborrecer.

APLICA NA JUGULAR, OU APLICA NA MENTE - Quando alguém te conta uma história que provavelmemte é mentirosa. Aí você fala: tá bom, aplica na minha jugular. Ou aplica aqui (mostra o braço). 

FACADA - Alguma de coisa de custo elevado. Por exemplo: olha, esse vestido tá lindo, mas custa uma facada.

LESO, LESERA e similares - Quando alguém faz alguma coisa idiota, por exemplo: deixa de lesera! Ou: tu és leso, é?

PATETICE - Igual ao anterior.

NÓ CEGO - Pessoa com má conduta, traquinas... ex: fulano não vale nada.. é muito nó cego!

SACRABALA - Nomenclatura utilizada em Belém para o ônibus Sacramenta-Nazaré...

PISA - Surra, caracterizada pela mãe do indivíduo, ex: menino desce daí.. tu vais pegar uma "pisa".

CURUBA - Ferida.

PEREBA - Ferida no pé.

PARAGOBALA - Cidade do interio paraense (Paragominas).

AGORA LASCOU-SE - Agora se deu mal.

PÉ INCHADO - Pessoa que bebe muito.

VÔ CHEGANO, SUMANU - Vou indo, amigo.

MININU MIXILHÃO - Menino que mexe muito.

PASSADEIRA - Tiara, travessa.

MIJADA - Quando alguém leva uma bronca.

PESCOÇÃO - O mesmo que um tapa na nuca.

CANTAREIRA - É a região do pescoço.

MUQUIAR - Bater.

MALQUERÊNCIA - falta de boa vontade com a pessoa. Ex: por que você está cheio de malquerência comigo?

REMENDO - Conserto ou costura numa roupa Ex: fulana saiu com uma roupa toda remendada.

ARREMEDAR - O mesmo que imitar. Ex: cuidado, não fique arremendando aquele menino gago!

EMPARFELADO - Bem vestido, arrumado. Ex: aonde vais todo emparfelado desse jeito?

EMPERIQUITADO - O mesmo que emparfelado. Ex: a madame desceu a escada toda empiriquitada para sair.

POMBA LESA - Quem é meio desligado, boco.

TÁ SAFO - Tá beleza.

SAFO - Quem é bom em algo.

TÔ NA GRADE - Tá esperando a vez de jogar.

ME EMBRULHA - Me cobre.

PEGAR O BECO - Sair do lugar.

FICOU NO VÁCUO - Ninguém ligou.

BAFO DE ONÇA - Mal hálito.

TU É SÓ BAFO - Mentiroso.

OUTRAS:

MACACA - Amarelinha.

ASSASSINO - Fura-Fura.

GALO - Jogo da velha.

PETECA - Bolinha de Gude.

TE "ABICORA" - Talvez as meninas não conheçam, mas significa escolher um local para o início de seu jogo com petecas (bola-de-gude).

DICIONÁRIO DE QUEM EMPINA PAPAGAIO

QUEM LEMBRA DAS BRINCADEIRAS... Quem nunca EMPINOU uma CURICA, CANGULA, RABIOLA ou PAPAGAIO.

LÁ VAI-TE - Quando a pipa esta caindo, fruto de uma possível derrota na hora do laço.

XINANDO - Pipa que está caindo após um laço.

ÉGUA, NA MÃO - quando a pipa está caindo com uma quantidade de linha considerável.

DISCAÍ PENOSO - Expressão utilizada para que o adversário possa soltar maior quantidade de linha durante o laço.

REVIRA ELE - Entrar no laço por cima, cobrindo a pipa do adversário.

PENDURA - Entrar no laço por baixo, carregando a pipa do adversário.

LÁ VAI ELE - Quando sua pipa corta a linha da outra.

LÁ VEM - Quando a meninada espera o resultado do "laço" entre duas pipas.

O blog agradece aos muitos paraenses que ajudaram a fazer esse dicionário papachibé. Afinal, ele ficou "pai dégua".

Um comentário: