sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

MP ABRE INQUÉRITO E INVESTIGA PROMOÇÕES NA PM DO PARÁ

As últimas promoções na PM deram o que reclamar e acabaram no MP

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) anuncia que, por meio da 2ª Promotoria de Justiça Militar, comandada pelo promotor Armando Brasil, e do no Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa e à Corrupção (NCIC) coordenado pelo procurador Nelson Medrado, instaurou inquérito civil para apurar denúncia de possíveis atos de improbidade administrativa, e de irregularidades na promoção de praças e oficiais da Polícia Militar do Estado.

De fato, nas últimas promoções, segundo denúncias de oficiais ao blog Ver-o-Fato - eles não querem aparecer, temendo represálias -, quem estava muito atrás passou à frente de quem já tinha tempo e preenchia os critérios para subir de posto. O velho critério de QI (Quem Indica) prevaleceu.

Teve militar, homem e mulher, que chorou ao ver o decreto de promoções assinado pelo governador Simão Jatene, sentindo-se humilhado, jogado para escanteio. Pior: tudo avalizado pelo comando-geral.

Agora, Armando Brasil e Nelson Medrado - dois homens que dignificam o Ministério Público - colocaram o dedo na ferida e devem processar quem passou rasteira na lei.  

Um comentário:

  1. O dep CORONEL NEIL, vulgo NARIZ DE PORCO, deve ser um dos ALVOS DOS MEMBRBROS DO MP

    ResponderExcluir