sexta-feira, 13 de novembro de 2015

ROLO COM DINHEIRO DA EDUCAÇÃO EM IGARAPÉ-AÇU

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) deflagrou hoje, no município de Igarapé-Açu, uma operação de busca e apreensão para colher subsídios para o procedimento investigatório criminal que investiga a possível prática de crimes de peculato e concussão praticados no uso e apropriação indevidos de recursos financeiros recebidos pelo Conselho Escolar dos programas “Mais Educação” e “Programa Dinheiro Direto na Escola – PDDE”.

Segundo informações apuradas pela promotoria de Justiça de Igarapé-Açu, a presidente do Conselho Escolar da "Escola Municipal Casulo Padre Antônio Bessa", Tatiane do Socorro da Silva Lima, ficava com o talão de cheques e demais documentos para administrar os recursos financeiros da escola e realizava compras na “Loja Albertão”, de propriedade do cidadão conhecido como “Clayton do Albertão”, sem consultar ou comunicar os membros do conselho escolar.

As compras efetivadas por Tatiane no estabelecimento citado nunca chegaram à Escola Casulo. Participam da operação que cumpre três mandados de busca e apreensão de documentos e mídias nas casas de Tatiane, Clayton e na loja, os promotores de Justiça Brenda Ayan, Sabrina Daibes e Augusto Sarmento, com apoio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Gabinete Militar do MPPA. Texto: Edyr Falcão (MPPA). Fotos: Gaeco

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário