quinta-feira, 12 de novembro de 2015

NEPOTISMO IMPERA EM JACUNDÁ E PREFEITO NAO FAZ CONCURSO HÁ 7 ANOS

O MP botou o dedo na ferida de problemas do município de Jacundá
 
O Ministério Público do Estado do Pará, por seu representante Sávio Ramon Batista da Silva, promotor de Justiça no município de Jacundá, instaurou Inquérito Civíl Público na última quarta-feira, 11, para apurar a não realização de concurso público há 7 anos no município, a contratação de servidores temporários fora das hipóteses legais e a prática de nepotismo na administração municipal, no qual há um favorecimento dos vínculos de parentesco nas relações de trabalho ou emprego.

"Cabe ao Ministério Público defender os direitos difusos, notadamente, a defesa da probidade para com os recursos públicos e que o presente procedimento é o meio adequado para o exercício das atribuições inerentes às funções do MPPA" ressaltou o promotor de Justiça Sávio Batista.

O procedimento judicial, visa dar transparência à população de Jacundá quanto ao preenchimento dos cargos públicos na administração do Município, bem como de realizar a função fiscalizatória do patrimônio. Fonte: MPPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário