segunda-feira, 2 de novembro de 2015

EM URUARÁ, PREFEITO REDUZ SALÁRIO DE SERVIDORES E É INTIMADO PELA PF

O prefeito de Uruará, no sudoeste do Pará, Everton Moreira, o "Banha" (PDT) está enrolado na Polícia Federal. Ele foi intimado pela delegada da PF em Altamira, Daniella Soares de Araújo Gomes, para prestar informações sobre a redução salarial de vários servidores que, revoltados, formalizaram denúncia ao órgão. 

A delegada cobra do prefeito a apresentação de comprovantes de recolhimento das contribuições previdenciárias ao INSS dos servidores da rede pública de educação do município no período entre janeiro de 2013 a agosto de 2014. Os denunciantes acusam o prefeito de agir arbitrariamente ao efetuar a redução nos vencimentos. E, pior, não informar sobre o recolhimento das contribuições  aos cofres da Previdência Social descontadas de seus salários. 

Além de Everton Moreira e do secretário de Educação, Manoel Ribeiro de Castro, foram convocados a depor os servidores Elizabeth Almeida Sousa, servente, Marlisa Renk Batistelo, os professores Maria José dos Santos, Iolete dos Santos Ferreira, Márcia Lemos Braga, Andréia Resende Lima, Adailton Garcia Pereira, Jackson Pereira Rocha, Rosângela Maria Ferreira dos Santos, as supervisoras Odete da Silva Reis e Maria de Fátima Paixão Silva, a orientadora Fabiane Nascimento dos Santos e a secretária escolar, Luciana Martins Cunha, os servidores prejudicados pela decisão do prefeito. 

Moradores do município telefonaram para o blog Ver-o-Fato afirmando que a gestão de Everton "Banha" é uma das piores do município em todos os tempos. O município tem graves problemas em saúde, saneamento e educação, embora em três anos de gestão o prefeito tenha recebido mais de R$ 150 milhões. "Cadê, onde foi empregado todo esse dinheiro ?", pergunta um dos moradores, pedindo para não ter o nome publicado com medo de represálias.

O blog tentou contato com a prefeitura, mas o atendente, ao telefone, informou que "Banha" estava em sua residência. Ele se recusou a fornecer o telefone da casa do prefeito, justificando que não iria "perturbar" o descanso do alcaide.

O prefeito Everton "Banha": rolo e explicações a dar à PF



Nenhum comentário:

Postar um comentário