VER-O-FATO: Nota da empresa dona dos bois mortos em Barcarena é de uma frieza glacial

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Nota da empresa dona dos bois mortos em Barcarena é de uma frieza glacial

  
Quase cinco mil bois morreram - uns 4.800, no mínimo, ainda estão apodrecendo, presos dentro do navio afundado no porto de Vila do Conde, em Barcarena - e vejam vocês o que diz a empresa Minerva Foods S/A, de Barretos, São Paulo, responsável pela exportação do gado que iria para a Venezuela, mas afundou na manhã de terça-feira.

É uma nota fria, glacial, melhor dizendo. Não fala do crime ambiental, da agonia dos bois, afogando-se até a morte. Nem da miséria dos moradores que retalhavam os animais mortos nas praias de Barcarena para matar a fome. Nenhuma linha sobre todo o horror social e ambiental que isso significa. 

Destaca apenas, singelamente, que "não há registro de pessoas feridas em decorrência do acidente". E tira o corpo fora de qualquer responsabilidade sobre o ocorrido, dizendo que a culpa é da empresa dona do navio de bandeira libanesa.

Veja, abaixo,  a nota da empresa:

 MINERVA S.A.
Companhia Aberta
CNPJ no 67.620.377/0001-14
NIRE 35.300.344.022 – CVM n.o 02093-1
 
COMUNICADO AO MERCADO
 
A Minerva S.A. (“Companhia”), uma das líderes na América do Sul na produção e comercialização de carne in natura, gado vivo e seus derivados, informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que o navio que faria o transporte de gado bovino adernou na manhã desta terça-feira (06/10), no cais do porto de Vila do Conde, em Barcarena (PA). Não há registro de pessoas feridas em decorrência do incidente.
A Companhia esclarece que após o embarque do gado, a responsabilidade pela carga é da empresa de transporte marítimo contratada. A Companhia aguardará as apurações oficiais das autoridades portuárias sobre as causas do acidente e sobre o ocorrido com a carga.
 
Barretos, 06 de outubro de 2015.
Minerva S.A.
Eduardo Pirani Puzziello
Diretor de Relações com Investidores

2 comentários:

  1. Esse é o espírito da pecuária, especialmente da pecuária na Amazônia. Frios, gananciosos, uma elite perdulária e de mente estúpida. Tem que encurralar esses criminosos com todas as cercas da lei! Que a agonia desses cinco mil bois assombre pelo resto da vida o sono dessas bestas insensíveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk, minlhares são mortos diariamente, no final para eles são só carne

      Excluir