sábado, 31 de outubro de 2015

MENOR AMEAÇA MATAR JUIZ DE ALENQUER

Um jovem de 17 anos de idade, das iniciais J.S., foi apreendido no início da tarde de ontem (30), no município de Alenquer, oeste do Pará, por ter postado em seu perfil na rede social Facebook, uma ameaça à vida do juiz de direito Gabriel Veloso, que atua nas comarcas dos municípios de Alenquer e Curuá.

A ameaça se deu em decorrência da atuação do juiz na regulamentação do Raid Alenquer/Curuá de Motocicletas. Exigências em relação à segurança, feitas pelo juiz e pelo Ministério Público, para a realização do rally desagradaram algumas pessoas que pretendem participar do evento marcado para o mês de novembro. Entre os descontentes está o menor J.S.

Logo após postar a ameaça em que dizia: “Esse juiz é muito besta mesmo, sabe-se que na trilha não averá nenhum tipo de faixa ou quebra molas, esse cara é muito é muito burro, agora me deu vontade de sefar a vida dele” (sic) J.S foi identificado e cerca de três horas depois foi localizado pelas polícias Civil e Militar de Alenquer, que apreenderam o menor.

J.S vai responder por ato infracional e o caso será encaminhado ao Ministério Público Estadual para os encaminhamentos legais.
O juiz Gabriel Veloso tomou conhecimento do fato através do delegado de Curuá. Veloso está em Belém resolvendo questões relacionadas à sua certificação digital. O pai do menor falou com o juiz ao telefone, pediu desculpas pela atitude inconsequente do filho, informou que como punição, além de estar proibido de participar do Raid vai ” levar uma surra de cinto de couro”.

À reportagem do portal O EstadoNet, Veloso informou que as recomendações que dizem respeito aos horários, identificação das motos descaracterizadas e habilitação dos competidores foram feitas pelo MPE, através do promotor Adleer Calderaro. Como juiz, ele endossou as recomendações visando a segurança dos participantes do Raid. Fonte: O Estado do Tapajós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário