VER-O-FATO: Edmilson cita o Ver-o-Fato na Câmara Federal e cobra investigação rigorosa sobre tragédia em Barcarena

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Edmilson cita o Ver-o-Fato na Câmara Federal e cobra investigação rigorosa sobre tragédia em Barcarena


O deputado criticou a "sanha por lucro e a ganância", além da crueldade

O deputado federal Edmilson Rodrigues (Psol) cobrou da tribuna da Câmara dos Deputados, ontem, "profunda investigação" da Marinha do Brasil e da Capitania dos Portos sobre a tragédia animal e ambiental que se abateu sobre Barcarena, na manhã de terça-feira, quando o navio Haidar, de bandeira libanesa, afundou no Pier 300, do Porto de Vila do Conde, com 5 mil bois.

Para Edmilson, os grandes responsáveis pela tragédia foram a "sanha por lucro e a ganância".  Segundo ele, o Pará é hoje o Estado líder na exportação de gado vivo no Brasil, colocação conquistada com o sofrimento e a miséria de nosso povo que em nada se beneficia desta liderança, já que a Lei Kandir isenta a exportação de produtos semi-elaborados e primários do pagamento de ICMS.


"São a sanha por lucro e ganância que também tem submetido os animais a condições cruéis e degradantes, onde ficam comprimidos em caminhões quentes, passando dias sem se mover ou descansar, e sem receber qualquer alimento ou água. Nos navios, a condição de transporte não são melhores. São dezessete dias de viagem até Beirute, no Líbano, sendo esmagados contra outros animais, morrendo de forma cruel ou contraindo doenças e traumas", afirmou o parlamentar durante o chamado Pinga-Fogo, tempo de no máximo cinco minutos que um deputado dispõe para dar seu recado.


Ele também falou que outra consequência da tragédia são as condições de trabalho dos portuários no Pará. "Segundo informações do jornalista Carlos Mendes (em postagem feita no Ver-o-Fato, na manhã do acidente), os trabalhadores vem denunciando há tempos as más condições de trabalho nos portos de Bacarena, Miramar e Outeiro, no Pará. Eles denunciam a terceirização da atividade de amarração, que é a atracação e desatracação de navios pela Companhia Docas do Pará (CDP), que são funções fundamentais na carga e descarga dos animais.


Edmilson afirmou que a tragédia "terá sérias consequências ambientais em Barcarena", visto que a maior parte dos animais foi arrastado pela águas ou se afogaram presos dentro do navio. "Presidente, deputados e deputadas, é preciso garantir condições dignas de trabalho aos portuários, assim como, é inadmissível que continuemos a submeter os animais a sacrifícios".

Ao finalizar seu pronunciamento, o psolista fez um apelo à Capitania dos Portos e à Marinha para uma "profunda investigação que identifique todos os responsáveis".  E também ao ministro dos Portos  (Helder Barbalho) para que possamos "dar fim a esta vilania que tem sido perpetrada nos portos do Pará".

Nenhum comentário:

Postar um comentário