INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Linha de Tiro - Economista Eduardo Costa - 26/04/2018

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Museu lamenta morte de menor e teme pela reserva do Jacupi, local de pesquisas

A respeito da morte do menor João Paulo Lima da Silva, de 14 anos, em Gurupá, na última quarta-feira - o acusado, o francês Jean Marie Etienne Royero, foi indiciado por homicídio, enquanto as circunstâncias da morte são investigadas pela Polícia Civil - o Museu Goeldi enviou nota ao Ver-o-Fato, lamentando o ocorrido.

Na nota, a instituição de pesquisas, reconhecida mundialmente, também mostra preocupação com a violência que eclodiu na cidade após o crime, inclusive com saques e incêndio da residência do acusado, e teme pelo destino do Sítio Jacupi, local de estudos arqueológicos. A nota, na íntegra, é a seguinte: 

"O Museu Paraense Emílio Goeldi consternado com a trágica perda de vida do jovem João Paulo Lima da Silva, 14 anos de idade, e com a violência que eclodiu na cidade, manifesta sua solidariedade às famílias e a toda comunidade atingida por este episódio.

O Museu Goeldi está no município desde 2013 realizando estudos arqueológicos e ações de educação patrimonial sempre em colaboração com a população e os gestores locais.

No mês de julho, a equipe de pesquisa esteve concentrada na Reserva Ambiental do Jacupi, que revelou grande potencial histórico. Em agosto, estava prevista mais uma etapa de ação educativa nas escolas e continuidade das escavações no Forte Santo Antônio de Gurupá, que é de grande interesse para turismo e economia municipal.

Os sítios arqueológicos de Gurupá são importantes porque revelam uma história milenar de presença indígena e de intensos contatos interculturais, com legados de holandeses, portugueses, quilombolas e judeus.

Pedimos a todos que protejam e não permitam a destruição da Reserva Ambiental do Jacupi, um patrimônio ecológico e cultural da população de Gurupá e de todos os brasileiros.

Museu Paraense Emílio Goeldi".


 
Cidade de Gurupá: clima é de tensão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário