VER-O-FATO: Exclusivo: caiu Djalma Melo, superintendente da Sudam.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Exclusivo: caiu Djalma Melo, superintendente da Sudam.

                                 Melo: 12 anos na chefia da Sudam

Chega ao blog notícia quentinha, saída do forno: caiu o superintendente da Sudam, Djalma Melo, que havia sido indicado para o cargo pelo ex-governador do Amazonas e atual ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, e pelo  senador paraense Paulo Rocha (PT). O substituto de Melo foi indicado pelo PP do Acre é chama-se Paulo Roberto Silva. O padrinho político da indicação de Silva é o senador acreano, Gladson Camelli. 

Melo é o mais antigo dirigente da Sudam a permanecer no cargo. Ele foi nomeado em 2003 e passou incólume por dois governos do ex-presidente Lula e pelo de Dilma Roussef. Economista e tido por todos os que o conhecem como administrador competente e "boa praça", Melo caiu devido ao longo tempo no cargo.

Já havia, no entanto, sinais políticos em Brasília de que seria substituído. Djalma Melo foi por longos anos chefe de gabinete na Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), depois foi assessor de Eduardo Braga quando este exerceu os mandatos de deputado federal e senador pelo PMDB do Amazonas. 

Ele veio para a Sudam quando o órgão ainda era conhecido por ADA, entre os anos de 2003 e 2004. Tentaram afastá-lo várias vezes, mas ele resistiu. Desta vez, porém, foi abatido por novos acordos políticos e pelo freio de arrumação que o governo Dilma está fazendo para agasalhar indicados por outros políticos de sua base, inclusive os do Norte do país.

Paulo Roberto Silva deve tomar posse no cargo na próxima semana. Amanhã, às 11 horas, no auditório da Sudam, Djalma Melo reunirá com todos os servidores do órgão para anunciar sua saída e apresentar as despedidas.

Um comentário: