segunda-feira, 27 de julho de 2015

A Cosanpa e a maldição da Augusto Montenegro



Sucateada e sob risco de privatização - poderia até ser algo bem melhor do que ela é hoje, mas sem os vícios e aberrações como ocorreu na privatização da Celpa - a Cosanpa corre contra o tempo para melhorar seus serviços à população.

Ela acaba de divulgar concorrência nacional, publicada na edição desta segunda-feira do Diário Oficial do Estado, para execução de serviços e implantação de adutora de água tratada ao longo da rodovia Augusto Montenegro. O prazo de execução da obra é oito meses. Valor: R$ 9,3 milhões.

A contratada foi a empresa Tragsa Brasil Desenvolvimento de Projetos Agrários Ltda. O contrato prevê fornecimento e assentamento de tubos, peças, conexões, aparelhos e acessórios em ferro fundido, numa extensão de1957 metros, sendo 1057 metros com diâmetro 800 mm e 900 metros com diâmetro de 1.200 mm.
Se tiver a adutora e não faltar água já dará para o gasto. Quem mora ao longo da Augusto Montenegro, hoje, ao entrar no banheiro, tem por hábito amaldiçoar a estatal na hora do banho. 

Não cai um pingo do chuveiro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário