VER-O-FATO

quinta-feira, 18 de julho de 2019

EXCLUSIVO - Corregedoria do Interior abre sindicância contra juiz de Ourém sobre gravações de prefeito

A desembargadora Diracy Alves quer ouvir explicações do juiz Omar. Foto TJE
A desembargadora Diracy Nunes Alves, corregedora das Comarcas do Interior do Tribunal de Justiça do Pará, deve baixar ainda hoje, para ser publicada amanhã na edição do Diário Oficial do Estado, uma portaria, determinando a abertura de sindicância para apurar o envolvimento do juiz de Ourém, Omar José Miranda Cherpinsk,  cujo nome aparece em gravação do ex-prefeito de Santa Luzia do Pará, Adamor Aires de Oliveira em suposta cobrança de propina.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

CASTANHAL - Feira do Agricultor é suspensa por ordem judicial; advogado critica promotora e juiz

O fechamento da feira joga milhares de famílias de Castanhal na rua da amargura


Na cidade de Castanhal funciona a Feira do Agricultor, um local onde o consumidor pode comprar frutas e verduras diretamente do pequeno produtor rural, livre de agrotóxicos ou ingredientes industriais. Ocorre que a 5ª promotoria de Castanhal, por meio da promotora Carmen Burle da Mota, requereu e teve deferida pela Justiça a suspensão das atividades da feira.

CASO DOS ÁUDIOS - "O ex-prefeito é um delirante e citou meu nome porque advoguei contra ele", afirma Sábato Rosseti

Rossetti diz na nota que está tomando "medidas judiciais" contra Adamor Aires 

O Ver-o-Fato recebeu neste final de manhã de quarta-feira,17, a seguinte "Nota de Esclarecimento" do advogado Sábato Rossetti, cujo nome é citado em gravações feitas pelo ex-prefeito de Santa Luzia do Pará sobre suposto pagamento de propina a juízes do Tribunal de Justiça do Pará: eis a nota, na íntegra:

ÁUDIOS SOBRE PROPINA - Corregedoria nacional do CNJ também entra no caso e investiga juízes do Pará

Gilberto Valente: 'medidas foram tomadas"

Em manifestação agora a pouco, durante a abertura da sessão desta quarta-feira do Tribunal Pleno - colegiado que reúne os 30 desembargadores do Tribunal de Justiça do Pará -, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público, Gilberto Valente Martins, anunciou que o corregedor nacional de Justiça ( leia-se CNJ), Humberto Martins, já foi informado sobre os áudios gravados pelo ex-prefeito de Santa Luzia do Pará, Adamor Aires. 

HOSPITAL METROPOLITANO - Controle de gastos e materiais pela Pró-Saúde prejudica usuários, apontam funcionários

Os servidores do Metropolitano se dizem preocupados com a situação do hospital


A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, que administra o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, está sendo acusada por funcionários de conter gastos e controlar materiais hospitalares, o que vem prejudicando o atendimento aos usuários e colocando em risco a saúde dos próprios empregados. 

terça-feira, 16 de julho de 2019

EXCLUSIVO - Corregedoria do TJ do Pará investiga 2 juízes citados em gravações sobre propina. Um deles pede aposentadoria

A desembargadora Nazaré Saavedra começou a sindicância: tudo será esclarecido?

Os juízes Raimundo Moisés Flexa e Marco Antonio Castelo Branco, do Tribunal de Justiça do Pará, terão suas condutas investigadas por sindicância aberta hoje por determinação da corregedora da capital, Maria de Nazaré Saavedra Guimarães. O Ver-o-Fato apurou que tão logo soube da sindicância contra ele, Raimundo Flexa, que hoje atua no Júri Popular, ingressou no TJ com seu pedido de aposentadoria. 

TRANSAMAZÔNICA - Empregados de serraria queimam pontes em Placas durante protesto contra o Ibama



Duas pontes de madeira, na rodovia Transamazônica (BR-230), que ligam os municípios de Placas, Rurópolis e Uruará, foram incendiadas (veja nas imagens, acima) ontem por empregados de serrarias da região. Eles estão revoltados e protestam contra as últimas fiscalizações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).